Resenha[Filme]: Monstros S.A


        Um dos vários nomes surgidos da parceria Disney - Pixar, Monstros S.A traz uma nova perspectiva sobre o famoso medo do escuro. A animação traz às telonas toda uma sociedade paralela à nossa, que nem imaginamos que exista. Monstros existem sim, mas eles não vivem debaixo de nossas camas. Eles vivem em Monstrópolis, e levam suas vidas tranquilamente. 
           Mike Wazowski e James Sullivan, mais especificamente, trabalham na Monstros S.A, empresa geradora de energia elétrica da cidade. Mike é uma figura, muito extrovertido e engraçado. Sully, por sua vez, é mais reservado. Mas as diferenças não impedem que os dois sejam grandes amigos e convivam bem. Eles são bastante conhecidos no trabalho, pelo admirável trabalho de Sully realiza no andar do susto. Explicação: eles geram energia a partir dos gritos de crianças. Por isso, os empregados do andar do susto. Mas esse sucesso incomoda profundamente Randy, o segundo melhor do cargo. Ele fará de tudo e abusará de todos para conseguir ultrapassar o rival, o que causará muitas confusões dignas de PIXAR. 
         Monstros S.A envia mensagens sobre amor e lealdade,  desenvolvendo o enredo com um humor tranquilo e efetivo. Esse recurso está presente em todas as outras produções Pixar - Disney, característico por atender a públicos ainda mais vastos que apenas o infantil. 


3 comentários

  1. Olá!

    Todos falam muito bem dessa animação e não sei por que ainda não vi, pois adoro animações. Ótima dica.

    Beijos

    http://poesiasprosasealgomais.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Eis um dos meus preferidos da Pixar! Esse filme é uma graça, os personagens são uns fofos e a Boo, ah, não tem como não se derreter por ela! Até deu vontade de ver de novo...

    Beijinhos, Livro Lab

    ResponderExcluir
  3. Eu adoro esse desenho, é o favorito do meu namorado e a gente está sempre assistindo (ele sempre diz que eu sou o Mike de saia HAHAHA). Adorei que você falou um pouco mais sobre ele =)

    Abraços,
    Marinah | Blog Marinah Gattuso

    ResponderExcluir